Mudar de ideia, projeto e até de profissão faz parte do processo de autoconhecimento da nossa colunista Ana Cláudia Marques, que  sempre arrasa com textos inspiradores. Hoje, ela conta como foi participar da palestra do economista Ricardo Amorim. Leia e descubra.


Há alguns dias atrás tive o prazer de estar presente na festa de encerramento da ABIMED (Associação Brasileira da Indústria de Alta Tecnologia e Produtos) e ouvir uma palestra do economista Ricardo Amorim (do Manhattan Connection,GloboNews), com o tema Crise e Oportunidades.

Ricardo Amorim mostrou a todos algo interessante: quanto mais crítico o período, mais crescimento existe.

A crise traz mais oportunidades, pois as pessoas esperam o pior e usam todos os seus recursos criativos para não serem engolidos por ela.

Por terem que sair do convencional, se virar nos trinta, conseguem  ter sucesso, aonde todos esperavam recessão e cintos apertados!

Outro ponto interessante: alguns inovam, e outros aproveitam a “onda” do outro para surfarem no sucesso também. Segundo ele, a inveja do sucesso alheio faz uma monte de gente se mexer, se aventurar, investir em terrenos desconhecidos - e se dão bem também.

Há aqueles, porém, que só fazem alguma coisa quando tem certeza de que vai dar certo - e isto significa ver um bando de “malucos” subindo na onda, surfando, caindo e levantando.

Quando percebem que ninguém morreu, adivinha? Querem fazer o mesmo que eles, para também terem sucesso e grana. E investem com segurança de que vai dar certo.

Tanto faz se é paleta mexicana ou bitcoin, quem perdeu as “primeiras ondas” e investiu depois perdeu o “timing”. ou como dizia minha avó “perdeu o bonde”, e acabou perdendo dinheiro ou falindo pouco tempo depois.

Oportunidade é para se pegar na hora, quando está passando.

Os grandes investidores estrangeiros sabem disso. A geração de riqueza nas três últimas décadas foi 3 vezes maior nos  países emergentes do que a somatória dos números dos EUA, Europa e Japão.

Por este motivo abrem filiais nos países emergentes, e investem no Brasil, China, Índia, Indonésia... Ninguém pode ficar fora, por potencial de crescimento exponencial.

Só se gera mais renda quando há mais riqueza e inovação, com mercado produtor funcionando, gente trabalhando, e que vai consumir e movimentar a economia.

Nós estamos no lugar certo, na hora certa: num país emergente e em crise!

Obviamente, saber que os últimos anos foram difíceis é necessário, no intuito de buscar sempre melhorar, e não para sentar, se lamentar e se contentar com um panorama ruim.

É neste momento que vemos a transformação digital mudando realidades e oportunidades.

Não importa o setor que esteja, é essencial usar os recursos virtuais para seu negócio, pois:

  • conecta pessoas em todos os cantos do país e do mundo

  • viabiliza a diminuição de custos nos negócios

  • viabiliza compartilhamento de saberes à distância, entre outros benefícios.

Esta palestra me trouxe algumas reflexões e outras certezas.

Minha reflexão após a palestra é que a informatização, mais do que nunca, também traz o desemprego, pois sabemos que uma máquina substitui dezenas ou centenas de postos de trabalho.

Também refleti sobre a única coisa que a máquina não consegue substituir: a interação humana, o olho a olho, a empatia e o dar as mãos para ajudar quem precisa crescer.

A certeza que esta palestra me trouxe é que, mais do que nunca, terão sucesso as formas de trabalho em que o relacionamento humano seja o “ativo” mais precioso. Onde as pessoas foquem mais no ser humano em contínuo aperfeiçoamento à sua frente, do que no rendimento de trabalho somente.

De todas as novas profissões que surgiram nos últimos 60 anos, uma veio resgatando esses valores milenares, e se baseia neles como fator de crescimento. è o “networing marketing” -ou marketing de relacionamento, em bom português.

Se você esticar seu pescoço e olhar a situação que vivemos hoje, projetando-a uns 20 anos no futuro, verá que emprego com carteira assinada, décimo terceiro, férias etc, estará cada vez mais raro - senão estiver extinto.

Quem enxerga mais longe já vem buscando formas diferentes de trabalho, onde seu esforço diário é recompensado, e se torna empreendedor. Empreender com custos altos e risco é o que a maioria faz, seguindo os passos dos que já estão no mercado.

Empreender com base em parceria sólida, com baixo investimento inicial, aprendizado constante e mentorias com quem já está no topo, só alguns ousados fazem. Estes vão para o networking marketing, e constroem sua liberdade financeira. E se você não sabe o que é isso, espere meu próximo artigo, que te explico.

Ainda que a palestra - divina- fosse voltada para tecnologia na Saúde, Ricardo Amorim deixou algumas lições que serviram também para mim:

  • O timing é fundamental para o sucesso.

  • Seja inovador.

  • Estamos na fase de mais oportunidades da história.

E você, o que está fazendo para inovar hoje?

 

leia tamBÉM

Faça o dinheiro trabalhar por você!

Imagine como seria a moeda do futuro. É bem provável que não seja mais em papel, muito menos feito com metal. Eliane Medeiros (insta: @eliane_medeiros), empresária e coach financeira, cedeu alguns minutos da sua concorrida agenda para um bate-papo. Confira já! 

LEIA MAIS
Entrevista Alê Oliveira

Alê Oliveira foi entrevistado no Canal de YouTube Análise Tática e como adoramos ficar por dentro do mundo dos esportes, convidamos nossos leitores para curtir e conhecer melhor o famoso mito/monstro das redes sociais. Confira!

LEIA MAIS
O que não fazer em uma entrevista de emprego

Em tempos de crise, separamos alguns testemunhos verídicos e hilários sobre o que nunca dizer ou fazer em uma entrevista de emprego. Leia as 5 piores coisas para se fazer com o entrevistador...

LEIA MAIS
Já vi paciente criança acalmar os pais...

Saúde de qualidade e tratamento do câncer são as maiores preocupações deste conceituado médico, eleito um dos 100 nomes mais influentes na Saúde brasileira. E qual foi o maior desafio de sua carreira? Leia a entrevista exclusiva com Dr. Vergilio Coulturato e descubra!

LEIA MAIS
O livro de Fabiula Nascimento

A simplicidade e a leveza de Fabiula Nascimento nos convidam a enxergar além da atriz e mergulhar no âmago mais profundo dessa verdadeira diva. Saiba tudo sobre nosso encontro com a super talentosa atriz!

LEIA MAIS
Lições de Feng Shui

Prontos para uma aula de feng shui? Por onde começar a reforma energética da sua casa? Uma dica especial da consultora de feng shui, Pati Reis. Saiba mais...

LEIA MAIS
Uma revolução se aproxima

A revolução da agricologia está tomando a cidade de Piracicaba e a gente já está com as malas prontas para encarar essa aventura. Leia abaixo a carta de Joel Oliveira, um dos agitadores da SAPO.

LEIA MAIS
Mulheres na política

Com a palavra a advogada Silvia Nakano, que pretende ousar uma carreira política. Aqui ela conta suas convicções, opiniões e o que pretende fazer para transformar o país

LEIA MAIS
No Brasil, o crime compensa!

“Nenhum país está a salvo da violência e pode ser completamente transformado da noite para o dia. É preciso enfrentar com profundidade a origem do problema.” Estas foram as palavras de Ivana David, desembargadora do TJSP.

LEIA MAIS
Vivemos a banalização do crime

Entre muitos desafios do nosso país, há um específico que preocupa o Juiz Silvio Cesar Arouck Gemaque: a banalização do crime. Leia o resumo da brilhante exposição deste jurista e pense mais no assunto.

LEIA MAIS
Fórum Internacional aí vamos nós!

No coração da agitada Avenida Paulista, em São Paulo capital, Eduardo César Leite se concentra para concluir os preparativos finais do Fórum Internacional “A Segurança Humana na América Latina”, que se realizará no dia 02 de abril de 2018.

LEIA MAIS
Todos juntos com as Mulheres da Serra

Na Serra da Cantareira, a jornalista Bianca Penha entrevista Marina Souza Meuli e Elisangela Mendonça Davini, líderes do grupo "As Mulheres da Serra", cuja missão é promover trabalhos sociais na região de Mairiporã (SP).

LEIA MAIS
O Melhor do Mundo

Reservados, low-profile e cheios de talento, Mariana e Ricardo Massonetto desembarcam na primeira ocupação da Revista Pense Mais e abrem o jogo sobre suas criações e expectativas para 2018. Confira aqui!

LEIA MAIS
Delícias mil...

Enquanto o "Bake Off Brasil" pega fogo e os participantes se aboletam nos estúdios do SBT em busca do melhor prato para vencer o reality, Fávio Duarte (44 anos) se destaca com suas criações que dão água na boca. Se lá no SBT a temperatura esquenta, aqui na Pense Mais, Flávio pode relaxar e abrir o jogo de cuca fresca.

LEIA MAIS
Adeus depressão

Vamos começar a semana de uma forma bem diferente! Se você não sente mais vontade de viver e se essa vontade persiste, por favor leia este texto. Apresentamos Bete Uehara, uma mulher forte e que venceu a depressão. Confira a seguir o "mandamentos" que ela apresentei durante essa jornada de superação!

LEIA MAIS
Direito Holístico: uma profissão de cura

Hoje é o dia de uma das mais antigas profissões do mundo! Dia do Advogado e para celebrarmos essa data, entrevistamos os advogados holísticos: Sérgio Neeser Nogueira Reis e Tânia Motta Nogueira Reis. Vocês, assim como nós, vão adorar descobrir e conhecer as opiniões polêmicas desse casal baiano, que vem causando furor no universo jurídico.

LEIA MAIS
As faces de Dani: mulher, atleta e menina

Hoje é o Dia Nacional do Vôlei, e para comemorar essa data tão especial, decidimos colocar no ar a matéria que fizemos com a levantadora e campeão olímpica, Dani Lins. Ela conversou sobre tudo: família, campeonatos e até mesmo, como muitos tem curiosidade, sobre como coneceu o marido. Leia e descubra um pouco mais sobre a nossa levantadora campeã e referência nacional na sua posição.

LEIA MAIS
Sorria, você está sendo testado

Estou habituada aos desafios da vida. Tive uma filha especial, que faleceu ainda adolescente, deparei-me com o câncer mais de uma vez e jamais perdi meu entusiasmo pela vida. Depois de tudo isso, decidi dedicar minha vida à pintura. Hoje, só pinto banquinhos de madeira. Percebi que pintar mexe com minhas células. Elas ficam felizes quando pinto. E nessa vida a gente tem que fazer o que gosta.

LEIA MAIS
Você gosta de Vinho?

Escolher um bom vinho vai muito além do preço ou do país de origem. Para que essa tarefa possa ser realizada com sucesso, é necessário vivência e experiência, já que precisaremos da nossa memória olfativa e também o nosso paladar. Como essa missão pode parecer um pouco complicada, pedimos a ajuda Ana de Andrade, sommelier e proprietária da Wine Soul Store.

LEIA MAIS
Quando Invadimos Lisboa

Há 1 ano nós lançávamos nossa revista em Lisboa. Mas não foi apenas um lançamento, nós também conhecíamos a talentosíssma atriz brasileira Maureen Miranda, na época na novela “I Love Paraisópolis”. Essa princesa, saída de um conto de fadas, é linda e muito doce. Além de ser multifacetada. Ela é atriz, filmou um curta-metragem em Portugal, é figurinista e espalha sua arte por todos os lados.

LEIA MAIS
Encontro com Ricardo Thomé

Descobrir Ricardo Thomé é sinônimo de viajar o mundo. Ele é o tipo de pessoa que sabe emprestar seus olhos à humanidade. Cada fotografia nosconduz a um destino novo. Durante 4 horas de papo, em seu belo apartamento na capital paulista, senti a emoção por trás de cada foto. “Meu sonho é viajar o mundo e contar para os outros tudo que eu vivi, encontrei e senti”, explica.

LEIA MAIS
Salvatore Loi, o Chef do Ano

Ele pode aparentar ser aquele italiano de sangue azul, cheio de firulas, eleito chef do ano pelas revistas Veja e Gula, por alguns anos consecutivos. Doce ilusão! Onde imaginas firulas, encontrarás uma simplicidade genuína e encantadora. Salvatore Loi, 53 anos, italiano radicado em São Paulo, foi chef responsável pelo grupo Fasano, passou pelo LoiRistorantino e atualmente possui seu próprio restaurante.

LEIA MAIS
Camila Prietto chegando na área

Ela é top, pop, atriz, escritora, palestrante, contadora de história, sorridente, simpática... pode parecer “puxa saquismo”, mas acreditem: ela é tudo isso mesmo! Camila Prietto é mãe da boneca Flor e não se cansa de inventar moda. A moça desconhece o significado da palavra “acomodação”. Aliás, temos certeza que acomodar-se não faz parte do seu vocabulário extenso e repleto de conhecimento!

LEIA MAIS
7 perguntas inusitadas para Cinthya Rachel

Ela começou a trabalhar na televisão com 6 anos de idade, marcou toda sua geração interpretando a “Biba” no Castelo Ra-tim-bum, comandou programas sozinha, formou-se jornalista, escreveu um livro e é daquele tipo de artista que não se cansa de provar seu talento e a qualidade de tudo que decide fazer.Como ela tem tudo a ver com a nossa revista, decidimos saber um pouco mais sobre ela. 

 

 

LEIA MAIS